Sem categoria

Ciclo de Conversas

Ciclo de Conversas | Culturas, Estéticas e Decolonialidades Convidamos toda comunidade para o ciclo de conversas “Culturas, estéticas e decolonialidades”, com discussões relativas aos atravessamentos entre arte e decolonialidade, mediação e tradução intercultural, a partir de poéticas, estéticas e cosmopercepções indígenas e afrodiaspóricas   Essa ação é parte das atividades de ensino das turmas do componente HACA42 – Tópicos Especiais em Cultura, ministrados em colaboração pelos docentes Paola Barreto, Laura Castro, Mara Vanessa e Alfredo

Pinturas que não sei fazer – Oficinas gratuitas de pintura e escrita criativa

Você já conhece o livro-objeto?  É um formato de obra de arte bastante interessante, que geralmente mistura literatura e outras linguagens, e que pode, ou não, ser concebido na forma convencional de livro (com páginas, de papel etc).  No projeto Pinturas que não sei fazer, te convido a conhecer e acompanhar, desde os primeiros passos, a realização de uma obra nesse formato, e ainda fortalecer o corre de jovens artistas, participando de duas oficinas totalmente

Blog Assombrações Pandêmicas

Blog Assombrações Pandêmicas Atuação do estado no combate a pandemia de covid-19 nos territórios indígenas​ Andre Batista11 de novembro de 2020 Atuação do estado no combate a pandemia de covid-19 nos territórios indígenas Com a chegada do covid-19 um dos maiores… Leia Mais Saber e saberes tradicionais indígenas: uma conexão com invisível Andre Batista7 de outubro de 2020 Saber e saberes tradicionais indígenas: uma conexão com invisível O saber tradicional vem resistindo e existindo apesar

Blog Pergunte às árvores

Blog Pergunte às árvores Arte Tecnologia e Educação, part. 1 Lacerda21 de setembro de 2020 As escolas não deveriam ser o que se tornaram hoje, estacionamento ou depósitos de crianças, um lugar relativamente seguro onde… Leia Mais Pergunta às pedras Paola Barreto14 de setembro de 2020 “Explorando o domínio das estéticas da memória, a série Perguntas às pedras constitui um mapa das perplexidades da artista em… Leia Mais Inicialmente gaguejemos Lacerda14 de setembro de 2020

Revista Metamorfose v.4.

Revista Metamorfose v. 4 , n. 4 , 2020 – Dossier Arte, cuidado e tecnologias do bem viver Quando lançamos a chamada para o Dossier Arte, cuidado e tecnologias do bem viver, na primavera de 2019, não poderíamos imaginar que seríamos surpreendidos por uma pandemia mundial no verão seguinte. Nem que no outono entraríamos em um estado de emergência sanitária, humanitária e política, o qual adentraria o inverno de 2020. Essa é a estação em

Revista Metamorfose v.3.

Revista Metamorfose v. 3 , n. 3 , 2018 – Processos de Hibridação entre Artes, Ciências e Humanidades É com grande prazer que lançamos a terceira edição da Revista Interdisciplinar de Arte, Ciência e Tecnologia Metamorfose, com um dossier temático dedicado a processos de hibridação entre artes, ciências e humanidades. Em resposta à chamada lançada em agosto de 2017 recebemos 15 submissões, das quais 7 foram aprovadas pelos avaliadores e tornam parte desse número. A

Assombrações pandêmicas

Assombrações Pandêmicas Este projeto investiga formas tecnoestéticas (SIMONDON, 1998) para a produção de visualizações de dados sobre a violência sistemática produzida contra povos indígenas do Brasil durante a pandemia do novo coronavírus. Dados atualizados diuturnamente e que, apesar de extremamente concretos, pois dizem respeito a vidas humanas ceifadas em nosso país, permanecem invisibilizados, no que se refere a políticas públicas de proteção eficazes e ação preventiva por parte do estado brasileiro. Monitoramentos diversos pelo espaço

Resultados

Produzimos uma série de circuitos eletrônicos com o intuito de promover a interatividade entre os corpos e o som captado pelos sistemas; um modelo 3D, em foto e interativo de como ficará nossa instalação; e (3) a apresentação no Congresso Virtual UFBA 2020[1]. Além disso ainda estamos finalizando a escrita de (4) um artigo científico.

Materiais e Métodos

A pesquisa trabalha diretamente sobre a questão da materialidade dos meios eletrônicos – seja a materialidade sutil das frequências eletromagnéticas ou a materialidade densa dos circuitos integrados. Estas estão também associadas à materialidade orgânica das flores secas e de nossos próprios corpos, tendo a modulação de campos eletromagnéticos como fio condutor.

Introdução

A plasticidade dos fenômenos relacionados aos campos eletromagnéticos é fato que tem interessado tanto cientistas quanto artistas desde a sua definição no final do século XIX. É com o interesse por explorar esteticamente suas propriedades que iniciamos, a partir de um circuito eletrônico simp

Pergunte às Palmeiras

Pergunte às Palmeiras Pergunte às Palmeiras é um jardim de objetos comunicacionais que tem como corpo central uma flor seca de palmeira. Ainda que não estejam vivas, as flores secas transmitem informação. Se pudéssemos ouvi-las, o que teriam a nos dizer? Considerando que partilhamos todos, humanos e não humanos a experiência da vida no planeta, associamos tecnologias de conexão entre distintas formas de materiais, imateriais e a capacidade de imaginar e sonhar juntos. A pergunta

Tópicos Especiais em Arte e Tecnologia

EM COLABORAÇÃO COM O PROFESSOR CRISTIANO FIGUEIRÓ Nesta oferta de Tópicos Especiais em Arte e Tecnologia iremos trabalhar aspectos éticos, estéticos, políticos e poéticos em projetos artísticos que lidam com a visualização e a sonificação de dados. O curso será composto pela apresentação de uma curadoria de projetos de artemidia, netart e arte generativa de épocas e procedências distintas por um lado, e por outro por um laboratório aberto de criação, com forum de discussão

Tópicos Especiais em Cultura I

EM COLABORAÇÃO COM A PROFESSORA LAURA CASTRO O componente Tópicos Especiais em Cultura I foi pensado em modo compartilhado e elaborado de modo colaborativo por um grupo de docentes, com o objetivo de articular tópicos e blocos temáticos referentes ao campo das Políticas Culturais e da Ação e Mediação Cultural através das Artes. Composto desse conjunto de temas, atravessará questões como interculturalidade, arte e vida e mediação, com diálogos entre estética, decolonialidade e instituições de

Jogo Balaio

Jogo Balaio Poética: O jogo “balaio” é uma experiência visual e sonora que pretende discutir sobre as formas de comunicação com o invisível, levando-nos, seres humanos, a repensar nossa posição nesse jogo dimensional de interação. “balaio” usa da linguagem do “game art” para propor uma visão às avessas da interação com o até então intangível. Ao controlar drª fantasma (nossa personagem) nos deparamos com um ser desconhecido que tenta contato com o invisível.  (Aqui drª