vigilância

Publicações do mês

Publicações do mês        Duas novas publicações na praça, atravessando a emergência de nossos tempos pandêmicos. Em primeira mão o catálogo que reúne os processos criativos desenvolvidos na residência artística Territórios Sensíveis.  Pergunte às árvores participa com a proposta de uma prática relacional envolvendo as inflorescências de palmeiras colhidas na Ilha de Paquetá. Confira no site da Editora Circuito. E é com grandecíssimo prazer que integramos o livro No tremor do mundo, coletânea editada pela

Sistemas Digitais em Artes

HACB14 SISTEMAS DIGITAIS EM ARTES Unidade Temática: “ESTÉTICAS DA VIGILÂNCIA” 2019.1 EMENTA GERAL: Sistemas digitais e sua aplicação em artes. Dispositivos que compõem os principais sistemas digitais. Noções básicas sobre tratamento digital das informações sensoriais: áudio e visual. Aquisição e processamento de sinais gerados por transdutores voltados a área de artes: microfones, câmeras, sensores de posição e movimento, etc. Equipamentos para processamento digital de sinais: computadores, sistemas dedicados, sistemas embarcados. Informação digitalizada: noções de base matemática, conhecimento de sistemas eletrônicos, conhecimento

VI Simpósio Internacional Lavits 2019

VI Simpósio Internacional da Rede LAVITS 2019 Quando imaginamos, em 2017, pela primeira vez, a possibilidade de trazer o VI Simpósio Internacional na Rede Lavits para Salvador, vislumbramos nesse destino um solo fértil para situar o debate sobre tecnologias de vigilância e sociedade, considerando nosso contexto latino americano forjado na colonialidade. Em 2019 essa decisão se mostrou não só acertada como oportuna, dado o acirramento do quadro político no país (impulsionado em grande medida pelas

V Simpósio Internacional da Rede LAVITS 2017

V Simpósio Internacional da Rede LAVITS 2017 Vigilância, Democracia e Privacidade na América Latina: vulnerabilidades e resistências” Santiago,  Chile – 29 e 30 de novembro, 01 de dezembro de 2017 Esta apresentação faz uma análise do projeto de intervenção urbana “Cajazeiras Fantasma”, coordenado por artistas pesquisadores do IHAC ‐ UFBA no bairro de Cajazeiras, em Salvador. A pesquisa parte do mapeamento de territórios físicos e simbólicos invisibilizados ou ameaçados de desaparecer, e investiga disputas em